13 de abril de 2011

VICARIUS FILII DEI: 666, o número da Besta.

Apocalipse 13:16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receber uma marca na sua mão direita, ou nas suas testas:
Apocalipse 13:17 E para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tivesse a marca ou o nome da besta, ou o número do seu nome.
Apocalipse 13:18 Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.
Note-se que de acordo com o versículo 17, há três diferentes características que distinguem a besta:
• A sua marca (de autoridade)
• O seu nome
• O número do seu nome (666).
Alguns teólogos católicos romanos bramam e argumentam de forma irada, só não lançam na fogueira porque os tempos o não permitem. Tentam refutar que este número não se aplica ao que se senta no trono de Constantino. No entanto, todas as evidências o confirmam. Ora veja:
VICARIUS- TRADUÇÃO:
rime sanitati comperi restitutum mim, utile
cum una judicauimus nostris satrapibus
omnibus et Universo Senatu optimatibus É
et cuncto populo Romanae gloriae imperij
subiacenti, sicut ut in terris Vicarius Filii Dei
videtur ESSE Etiam constitutus et pontífices,
qui ipsius principes gerunt Apostolorum
Vicarius Filii Dei VI usado duas vezes pelo Papa Paulo vi
No Diário Oficial decretos papais
Vicarius Filii Dei foi usado duas vezes pelo Papa Paulo VI em documentos encontrados no site do Vaticano na internet. Trata-se da Constituição Apostólica, que são a maior forma de decreto papal oficial da Igreja Católica Romana e que sejam emitidas com a autoridade legal vinculativo. Historicamente, esses decretos eram conhecidos como bulas papais, o
nome referente ao selo de chumbo metálico (bula) ligado para autenticar o documento. Como regra geral, a legenda que se abre bulas papais normalmente lê:
NOME (sem número ordinal) episcopus, servus Servorum Dei, AD PERPETUAM REIMEMORIAM
Assim, a seguinte Constituição Apostólica começar:
PAULUS, episcopus, Servorum Servus DEI, PERPETUAM REI MEMORIAM AD
Paul, Bispo, servo dos servos de Deus, para a lembrança eterna do ASSUNTO
Bafianae (11 de janeiro de 1968) , o Decreto de Paulo VI eleva a Prefeitura Apostólica de Bafia , Camarões, para uma Diocese:
Acta Apostolicae Sedis , Officiale Commentarium, vol. LX (1968), n. 6, pp 317-319. Libreria Editrice Vaticana. ISBN 8820960680, 9788820960681.
Scans: Página de título - 317 - 318 - 319 .
Adorandi Vicarius Filii Dei et procurador, Quibus numen aeternum summam dedit Sanctae Ecclesiae, ...
Como o Filho de adoração do Vigário de Deus e Porteiro, a quem o divino eterno deu o posto mais alto da santa Igreja, ...
Rivi Muniensis (09 de agosto de 1965) , o Decreto de Paulo VI a criação do Vicariato Apostólico de Río Muni , Guiné Equatorial:
Acta Apostolicae Sedis , Officiale Commentarium, vol. LVIII (1966), n. 6, pp 421-422. Libreria Editrice Vaticana, ISBN 8820960664, 9788820960667.

Papa sentado na ex-catedra.
Trono de Cosntantino doado
à hierarquia da Igreja, este
era o Palácio de Constantino.
 Scans: Página de título - 421 - 422 .
Qui summi numine Dei et locum principem voluntate em Christi Ecclesia, obtinemus, adorandi Filii Dei hic in terris Vicarii Successores Petrique, ...
Nós, que o supremo Deus, providencialmente, vontades, e mantém, na posição de princípio sobre a Igreja de Cristo, o Filho de Deus, da adoração, Vigário (s) sobre a terra, o sucessor de Pedro (s), ... (CLICAR E VER)
Acta Apostolicae Sedis (Atos da Sé Apostólica) é a publicação oficial da Santa Sé, e os documentos nele publicados são consideradas autênticas e oficialmente promulgada. Vaticano web site para os seus arquivos secretos estima que o número total de documentos papais ser acima 30 milhões . Este é um número impressionante de documentos, e torna-o praticamente certo que Vicarius Filii Dei foi utilizado em outros documentos oficiais que ainda não foram descobertos.
DOAÇÃO CONSTANTINO

Declaraçao do batismo de Constantino.

A Doação de Constantino, tem duas partes: a primeira relata a história da conversão de Constantino alegada para a fé cristã, e é chamado o "Confessio". A segunda parte, o chamado "donatio", enumera a autoridade, privilégios e bens agraciado com o papado pelo imperador. Mais tarde, foi incorporada a maioria das coleções do direito canónico medieval católica (Anselmo, o Cardeal Deusdedit de (C. 1087), e Decretum de Graciano (c. 1148) também conhecido como Concórdia Discordantium Canonum).
Universidade de Zaragoza Entrada Catálogo da Biblioteca Corpus Iuris Canonici . Decretum Gratiani, cum apparatu bartholomaei Brixiensis et Johannis Semecae, Basileae: Johannes Froben, 13 de junio 1493. (Contém download do documento completo. Formato djvu)
Constantino faz doação do seu Palácio (seta - vicarius filii dei).
Hoje, diocese
do bispo de Roma, igreja João de Latrão.
• Página digitalizada (gif.) - Distinctio 96 Vicarius Filii Dei (Citação de Doação de Constantino)
À direita é a página de Decretum de Graciano impressa em 1512 com o título Vicarius Filii Dei indicado pela seta. O volume total está disponível online em Bayerische Staatsbibliothek , o título aparece na foto 201 .
Estas são algumas provas, não todas, as suficientes para provar que o papa tem como título "vicarius filii dei", para quê tentar escapar à evidência Bíblica?

22 comentários:

Gardene Rodrigues disse...

Eu pesquisei na biblia e a não vi nenhuma evidência de que a resposta seja essa.

Drielle pereira dos santos disse...

Eu tenho uma duvida, pq troca o "u" pelo "v"?

Unknown disse...

Naum faz sentido algum, pois trocaram o u pelo v, por isto a conta esta incorreta

Gan SMach disse...

Isso ta meio bostético kk É VicariUs e não VicariVs. Q palhaçada é essa

Lucas Luquinhas disse...

Segundo a internet , u e v tem o mesmo valor numérico em latim

Katya Cunha disse...

O número 666 tem origem no sistema Babilônico hexagenal, é a somatória de todos os deuses que o povo adorava . Na Bíblia ler Daniel 3, e Apocalipse 13:15-18

Maria do Carmo Santos disse...

O nome correto é VICAVIS,li todos os versículos referentes em apocalipse e realmente tudo tem fundamento só não ver quem não qquer...extremamente claro.

José Mauro Sanches disse...

Senhores, respondendo ao pessoal que não sabe o porquê se usa o "V" no lugar do "U" em textos romanos. É simples. Vocês tiveram um PÉÉÉSSIMO professor(a) de português. No alfabeto romano NÃÃÃOOOOOOO EXISTE A LETRA "U". Entrem em um museu, ou em igreja católica e tentem achar a letra "U" em algum escrito, ou em algum mural. Entenderam? Nas entrelinhas eu quis dizer que vocês deveriam estudar, e não ficar boquejando sem ter a mínima noção do que estão falando. é por isso que as igrejas TODAS se enriquecem, desde sempre, cobrando dízimos, doações e esmolas.

Giowany Ribeiro de Oliveira disse...

Sr José Mauro Sanches, boa noite! Quero lhe parabenizar por sua resposta, pois explicou tudo em poucas palavras, agora quem não entender, paciência, é porque a ignorância tomou conta.

Giowany Ribeiro de Oliveira disse...

Sr José Mauro Sanches, boa noite! Quero lhe parabenizar por sua resposta, pois explicou tudo em poucas palavras, agora quem não entender, paciência, é porque a ignorância tomou conta.

devair paulino Reis disse...

Esta é apenas uma das provas de que a besta se emana do catolicismo romano.

Clayton Furlan disse...

"Santa" Igreja Catolica Apostolica Romana, a Grande Prostituta. Sucessora do Imperio Romano com as suas abominacoes, organizado num novo formato, nao
menos cruel.

Explosão Galática disse...

Aos "gênios" que disseram que isso é besteira por trocar "U" por "V" isto ocorre porque em latim não existia a vogal "U" e em seu lugar era usada a letra "V"

Victor Pina disse...

Muito bem Maria. A bíblia não minta. Esses papas tudo falso

Denisson Monteiro disse...

A compra tá do 666 se apresenta nos três títulos q o papa pode ter! De fato é verdade. Alem da conta e dos títulos, não poderia o encarregado de Deus viver em tamanha luxúria. É lógico e prático.

Veja o texto abaixo:

Quanto ao número 666, sem nos referirmos às interpretações com os números
gregos, em seus valores, devemos recorrer aos algarismos romanos, em sua significação, por
serem mais divulgados e conhecidos, explicando que é o Sumo-Pontífice da igreja romana
quem usa os títulos de “VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS”, “VICARIVS FILII DEI” e “DVX
CLERI” que significam "Vigário-Geral de Deus na Terra", "Vigário do Filho de Deus" e
“Príncipe do Clero". Bastará ao estudioso um pequeno jogo de paciência, somando os
algarismos romanos encontrados em cada titulo papal a fim de encontrar a mesma equação
de 666, em cada um deles.
Vê-se, pois, que o Apocalipse de João tem singular importância para os destinos da
Humanidade terrestre.

Manuel Portugal Pires disse...


VICARIVS FILII DEI = 666 (Ap.13:16) = DVX CLERIS (Chefe do Clero)

VI 6.................. D= 500
C 100 *.............V= 5
A = 0.................X= 10
R= 0
I 1 **.................C= 100
V 5 **................L= 50
.........................E= 0
F= 0..................R= 0
I 1 ** .................I= 1
L 50 **...............S= 0
II 2 **

D 500 *
E= 0
I **
6+100+1+5+1+50+2+500+1 = 666
666 = 500+5+10+100+50+1

SCC disse...

Sim é vicarius porem vicarivs é em latim na forma q a igreja católica usa

SCC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jose Natalino Sousa Lima disse...

A teoria de conspiração do termo "Vicarius Filii Dei" (Vigário do Filho de Deus) , considerado supostamente uma expansão do título histórico "Vicarius Christi", é uma expressão utilizada na "Doação de Constantino" para se referir a São Pedro. A partir do século XIX, devido a interpretação equivocada de um dos pioneiros do adventismo chamado Uriah Smith,[20] alguns grupos adventistas do sétimo dia argumentam que a frase é identificada com o "número da besta" (666), e seria usada na tiara papal, denominando que o papa seria o Anticristo,[21] embora seja comum que métodos matemáticos associem nomes de diversas pessoas ao 666, sendo considerado pareidolia; por exemplo, Bill Gates, Ellen G. White (fundadora do movimento adventista do sétimo dia) e o próprio Jesus.[22]

Porém devido a ausência de imagens ou qualquer fonte do uso “Vicarius Filii Dei” na tiara[23] ou em mitras, bem como a expressão nunca ter sido utilizada como um título oficial, a reivindicação foi abandonada por diversos adventistas do sétimo dia

Jose Natalino Sousa Lima disse...

INTERPRETAÇÃO ERRADA:
APOCALIPSE 13
18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

Em outra tradução :





Nova Tradução na Linguagem de Hoje ® Copyright © 2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.

17 isto é, o NOME do monstro ou o número do nome dele.
18 Isso exige sabedoria. Quem é inteligente pode descobrir o que o número do monstro quer dizer, pois o número representa o NOME de um ser humano. O seu número é seiscentos e sessenta e seis.


É NOME e NÃO TÍTULO (até por que este título NUNCA foi usado em nenhuma tiara papal)

Jose Natalino Sousa Lima disse...

. E o feitiço vira contra o feiticeiro

Agora vamos usar o mesmo raciocínio dos adventistas e aplicar o cálculo do número 666 ao nome de sua pseudo-profetisa, Ellen Gould White. Lembre-se que a letra “Ü” corresponde ao número romano “V”, como na palavra VICARIVS , e equivale ao número 5. O Dáblio
(W)
, do inglês Double iu ( pronuncia-se dâbal iú ) significa “ DUPLO U” ( V ) . Portanto, em números romanos, a letra W significa 5 + 5 , totalizando 10. Então, na soma do valor numérico do nome ELLEN GOULD WHITE também temos o número 666 ! E=0L=50L=50 E= 0 N=0 G=0O=0V=5 L=50 D=500 VV=5+5=10H=0I=1 T=0 E=0 Total da soma 666 A evidência pende mais para Ellen White. Pois, o número 666 é calculado pelos adventistas à base do TÍTULO papal, ao passo que Apocalipse 13 : 17 fala que o número da besta é “ o número do seu NOME”, E NÃO DE UM TÍTULO. Ellen White escreveu afirmando: “O Senhor me anunciou o dia e a hora do fim” (“Primeiros Escritos” pg 15) Contradição: Nem Jesus sabia. Veja Marcos 13, 32: “Ora, quanto àquele dia ou hora, ninguém tem conhecimento, nem os anjos do céu, nem mesmo o Filho. Só o Pai.” Fonte: Sã Doutrina (WordPress)
PEC Pro Ecclesia Catholica

Jose Natalino Sousa Lima disse...

. PROBLEMAS INTERPRETATIVOS

Como vimos anteriormente, o documento mais antigo a mencionar esse título é a
Doação de Constantino. A implicação disto é que essa interpretação se baseia numa falso decreto da Idade Média. (Pesquisas afirmam que é um documento forjado,falso) Da mesma forma, há certa controvérsia envolvendo a inscrição de vicarius Filii Dei na mitra papal.
A publicação Our Sunday Visitor, uma popular revista católica americana, mencionou por duas ocasiões que havia, de fato, uma inscrição na tiara do papa. A primeira menção foi em 1914, e a segunda no ano seguinte. Porém, existe uma terceira citação que nega qualquer tipo de inscrição na coroa do pontífice romano. E não há qualquer tipo de evidência que prove o contrário18
Provavelmente, esse assunto teve início com um incidente envolvendo W. W. Prescott,
um dos pioneiros da segunda geração adventista. Um evangelista chamado C. T. Everson visitou o Museu do Vaticano e tirou algumas fotografias de diversas tiaras papais, usadas ao longo dos séculos. Nenhuma inscrição havia em sequer uma delas. Prescott foi autorizado para utilizar as fotos na ilustração de um dos seus artigos. Porém, a Southern Publishing Association, quando preparava a publicação da versão atualizada da obra de Smith, contratou um artista que inseriu as palavras vicarius Filii Dei. A sede mundial da IASD ordenou que a impressão fosse interrompida e que removessem as fraudes fotográficas19.
Em 1935, a revista Our Sunday Visitor desafiou o períodico adventista Present Truth,
que nessa época tinha como editor Francis D. Nichol, a provar que a expressão “substituto do Filho de Deus” era um título oficial do papa. Nichol consultou a Prescott para solucionar esse problema. Prescott afirmou que não era possível responder ao desafio, já que os adventistas baseavam essas argumentações em fontes questionáveis.20 Devido esse incidente, a sede mundial da IASD sugeriu que tal interpretação jamais fosse utilizada novamente21.
Ironicamente, hoje está é a interpretação mais popular entre os adventistas....
Fontehttp://apocalipsefacil.blogspot